sexta-feira, 26 de junho de 2015

ANÁLISE: PUNISHER #19



Aqui está a análise do penúltimo número do Punisher escrito por Nathan Edmondson e nos desenhos Mitch Gerads.
Apesar de ter sido o livro que tem estado muito aquém das expectactivas este número foi sem dúvida o melhor de toda a série. Não só como na escrita como nos desenhos.

Parece que o Punisher com constantes problemas motivacionais em relação há sua "missão" ficou para trás em troca de um Punisher que vimos no inicio desta saga. Igual a si próprio.

Com o que foi dito acima, podemos ver um Punisher "demolidor" e uma pilha de corpos por contar no final deste número. Algo interessante de salientar são os "brinquedos" fornecidos pelos Howling Commandos para ajudar o Punisher na sua "última" missão antes do fim do mundo.

O único ponto baixo, foi de facto não termos visto detalhes no massacre do "Bar with no Name" convocado pelo Kingpin. (Secret Wars #1)



Quanto a arte de Mitch Gerads é sem sombra de dúvida belíssima. Começando com a excelente capa e acabando com as cenas de acção do melhor que já vi.
Mesmo não sendo um artista que seja rigoroso com os fundos as cenas de acção compensam tudo o resto.



























Não posso deixar de dizer que apesar desta ser a melhor caracterização do personagem pelo Edmondson ao mesmo tempo deixa um pequeno sabor amargo.

Como é que passados 19 números é que o escritor finalmente "atina" com o personagem?

A situação de Stone irá ser resolvida ou esquecida? Esperemos que no último número tudo esteja resolvido.


PONTUAÇÃO GERAL: Nota 9 em 10

Comente com o Facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente