quinta-feira, 13 de agosto de 2015

ARTIGO: Leituras Essenciais do Punisher Para Iniciantes

Já a algum tempo que tinha pensado em criar um artigo onde pudesse aconselhar novos leitores que gostassem de se iniciar no anti-herói, humano, sem poderes, mais letal do universo Marvel.

O leitor Onimatopeia lançou o desafio e aqui vai o artigo.

No primeiro artigo do blogue, fiz uma ligeira introdução ao personagem sem fazer grandes referências ao seu background militar, pois muita coisa já foi alterada. Clique aqui para o artigo.

Nestes últimos anos, só me lembro de 2 edições em PT-PT, uma de Devir onde lançou a espectacular miniserie "Welcome Back, Frank", que consta na lista que vou anunciar e a Levoir lançou em 2012 o Diário De Guerra, que completa os primeiros números (1-8) desta saga que começou em 1988 com Carl Potts e Jim Lee.

Para relembrar que este mês teremos mais uma colecção que fecha o arco de "Welcome Back, Frank", O Regresso da Ma Gnucci, que sai dia 27 de Agosto, também pela Levoir.

Mas vamos ao que interessa, nesta lista abaixo vou apresentar alguns arcos/sagas que para mim são essenciais e que sejam de fáceis de adquirir em formato "trade" para os interessados, por isso não irei incluir arcos da década de 90.

Punisher: Essential Vol. 1

Como o nome indica é um essencial com todas as aparições do Punisher antes de ter a sua propria série Circle of Blood.

O problema deste essencial é estar a preto e branco, a única vantagem será a quantidade de histórias incluidas neste volume. Clássicas e memoráveis. (The Amazing Spider-Man #129, 134-135, 161-162, 174-175, 201-202, Annual #15; Giant-Size Spider-Man #4; Marvel Preview Presents #2; Marvel Super Action #1; Captain America #241; Daredevil #182-184; Spectacular Spider-Man #81-83; The Punisher #1-5 (Circle of Blood).

O Year One que irei falar adiante não inclui o que se passou com os Costa's (familia mafiosa responsável pela morte dos Castle) Neste volume em Marvel Super Action #1 conta a história completa do assaulto final aos Costas.





Punisher: Circle of Blood 

A primeira minisérie a solo do Punisher, não é a origem do personagem, mas uma bela história montada por Steve Grant e Mike Zeck, lançada em '86 na altura que a Casa das Ideias notou diferenças na sociedade e uma subida abrupta da criminalidade.
Aqui vemos Frank Castle atormentado pela morte da familia e preso como o resto da escória que ele elimina.
O diálogo encontrado nesta história pode ser um pouco "cheesy" digno dos anos 80, mas sem dúvida um essencial para quem inicia o personagem. Prometo muita acção e entertenimento.










Punisher: Year One

Lançado em '94 escrito por Dan Abnett, Andy Lanning e desenhado por Dale Eaglesham.

Esta é a história da origem do Punisher. A história começa exactamente após o assassinato da sua familia e mostra nos um outro lado do Frank, o que tentou fazer tudo dentro dos trâmites legais para por os assassinos da sua familia atrás das grades. Não tem a típica acção das comics do Punisher, mas tem um enorme desenvolvimento em termos da psicologia do personagem.
Também nos mostra o primeiro encontro com o seu arqui-inimigo Jigsaw.





Punisher: War-Zone (Chuck Dixon)

Se Ennis tirou alguma inspiração sobre a caracterização do personagem, ele retirou de Chuck Dixon e desta saga War Zone. Chuck Dixon caracteriza um Punisher frio, calculista e possivelmente o mais mortífero dos anos 90.

Isto é um clássico mas que nos permite ter um ideia de como é o Punisher.

Nesta saga Frank vai se infiltrar na familia mafiosa "Carbones" para os destruir por dentro, são 6 números repletos de acção e um essencial para os leitores que se estão a iniciar no personagem. Neste trade podemos contar com a presença de Microchip e Shotgun.

A arte é de Romita Jr. e as cores por Klaus Janson.








Welcome Back, Frank

Após uma ausência prolongada do personagem nos livros da Marvel. Garth Ennis regressa ao personagem após o ter escrito o Punisher Kills Marvel Universe em '95. Este é sem dúvida o melhor regresso que o personagem alguma vez poderia ter tido até ao momento. Ennis reescreveu o personagem, adicionou um pouco de humor negro e muita, muita acção. Contém também ursos polares e muitos gangsters com linguagem estereotipada.

O filme do Punisher de 2004 foi baseado em algumas partes nesta miniserie mas falhou na execução. 
Na arte interior deste livro é de Steve Dillon e a capa por Tim Bradstreet.

Sem dúvida este livro está no top 3.




 

Punisher MAX por Garth Ennis

A linha MAX escrita por Ennis é sem sombra de dúvida o melhor Punisher alguma vez escrito. As linha MAX foi projectada inicialmente para complementar o universo 616 com a diferença de ser mais realista e com um guião para adultos. Contudo os editores da Marvel decidiram separar essa linha criando um género de Universo paralelo onde não existem superheróis, aqui aplicam se as regras do mundo real. Ou seja Frank Castle é um veterano do Vietnam e envelheceu em tempo real.
Decidir quais as melhores histórias é extremamente complicado porque boa parte delas requerem continuação e teria que por a colecção toda. Contudo vou só adicionar na lista as que acho relevantes para quem está a iniciar.



Punisher MAX: Born

Considerada por muitos como a melhor história do Punisher, esta história não é exactamente sobre o "Punisher", mas sim sobre Frank Castle e o seu último tour no Vietnam. Escrita por Ennis e desenhada por Darick Robertson, se no Year One vemos o que faz renascer o Punisher, aqui vemos as suas motivações e o que explica o porquê de passados tantos anos e a sua familia já vingada ele continua com a sua guerra.
Este é um dos exemplos de histórias que servem de complemento ao background de guerra do personagem no universo 616. É da linha MAX, mas nesta altura ainda não havia separação entre os universos MAX e 616.












Punisher MAX: In The Beggining

Esta história marca o começo desta linha MAX já o Frank como Punisher. Com a arte de Lewis Larosa, Frank começa esta saga massacrando uma familia mafiosa sendo depois durante esta saga confrontado com a aparição do seu ex-colega no combate ao crime Microchip. Tal como Welcome Back, Frank, esta história marca o inicio de uma saga memorável e épica sem o humor negro que Garth Ennis injectou no Punisher no universo 616, esta saga é mesmo muito séria, tal como o resto da linha MAX.

 








Punisher MAX: Slavers

Esta história é sobre tráfico humano e de algumas mulheres servirem para escravas sexuais. Ennis explora um lado brutal de Frank Castle nunca visto.

A forma calculista como ele prepara a sua vingança e como estuda a anatomia humana (literalmente) é genial. Garth Ennis tira todas as "amarras" morais que possa haver e mostra nos um lado negro da sociedade e que nos faz quase agradecer ao Punisher pelo "castigo" infligido a estes criminosos.

Este livro não tinha o mesmo impacto sem a ajuda gráfica de Leandro Fernandez.





Punisher MAX: From First to Last

 
Este trade reúne as histórias The Tyger, The Cell e The End. Três histórias muito interessantes onde em the Tyger acompanhamos a infância de Frank e como alguns eventos que se vão passar nessa história irão afectar o Frank no futuro. Podendo ser encontrada a review dessa história aqui, atenção aos spoilers!

The Cell é uma história alternativa onde Frank deixa se prender para poder chegar ao chefe mafioso que eliminou a sua familia.


Em The End, vemos o Frank num futuro pós-apocaliptico onde a humanidade está a beira da extinção depois de o mundo ter sofrido uma enorme devastação com a terceira guerra mundial.




The Tyger
The Cell


















The End




 Punisher: War-Zone (2013)

Esta não é a tipica história que torna o Punisher excessivamente poderoso que consegue dar conta dos Avengers como por exemplo no livro Punisher kills Marvel Universe, mas sim, como consegue ser esperto o suficiente para os evitar ou enganar. Greg Rucka explorou muito bem este aspecto e principalmente como respeitou todos os personagens intervenientes na história. 
Esta história comprova que o Punisher consegue co-existir no mesmo universo com os superheróis da Marvel, mas operando a parte deles.


Menção Honrosa:

Punisher vs Marvel Universe
Os heróis foram todos infectados com um virús que os tornaram em canibais, o Punisher lida com eles. Escrito por Maberry e desenhado por Goran Parlov

Punisher: Noir 
Esta é a versão do Punisher de 1935, veremos várias aparições de vilões do Punisher mas adaptados há época. Escrito por Frank Tieri e arte por Paul Azaceta
 Daredevil vs Punisher: Means and Ends
A segunda melhor história destes dois personagens depois de Childs Play, Hammerhead e Jackal tomaram conta de Nova Iorque enquanto Kingpin está na prisão. Daredevil e Punisher entram em choque devido aos diferentes métodos utilizados por cada um no combate ao crime. 6 números essenciais para os fãs de ambos os personagens.

Ficaram muitos livros de parte, pois o acesso a estes é bastante limitado, apenas referi as trades que se podem encontrar facilmente numa loja digital e importar.

É de salientar que a saga MAX do Ennis é um essencial e todos os fãs deveriam ter a colecção.
Jason Aaron continuou a saga MAX do Ennis mas na minha opinião não foi tão bem executada, mas vale a pena ver. 

Qualquer dúvida que tenham sobre algo é só comentarem sobre este artigo que assim que possivel irei responder as vossas dúvidas e quem sabe discutirmos sobre algum trade que deveria estar aqui incluido.
 

Comente com o Facebook:

5

5 comentários:

  1. Ora então muito obrigado!

    Andava na dúvida se comprava o Circle of Blood ou não. Agora vou ter de comprar, juntamente com o Born e o Slavers.

    ResponderEliminar
  2. Boas escolhas, depois do Born e do Slavers se gostar... como é expectável, vai querer a saga toda. E é mesmo muito bom. Fico a aguardar pelo feedback!

    ResponderEliminar
  3. Ola. Poderia descrever quais punisher max foram traduzidas para portugues?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A linha MAX vai ser publicada para o ano que vem pela Panini.
      No entanto eles tem lançado a última fase do Aaron em edição de luxo. Já têm tres volumes editados.
      http://www.guiadosquadrinhos.com/titulos/justiceiro%20max

      Eliminar
  4. Ola. Poderia descrever quais punisher max foram traduzidas para portugues?

    ResponderEliminar

Comente