terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Análise: The Punisher #7 (2016)

Punisher #7 será marcado como as últimas páginas de Steve Dillon. Steve desenhou 5 páginas deste número e Matt Horak fez a sua estreia nesta saga e tendo concluído o resto das páginas deste número.




Este número não teve um adiantamento significativo em termos no enredo, tendo mesmo sido um "filler". A saga não perdeu potencial, mas Becky Cloonan não mostrou a qualidade que nos habituou até aqui,
Continuamos sem ver muito de Olaf (irá acontecer no próximo número) e sem sabermos muito sobre Condor.
Face, o grande vilão até ao momento desta saga, continua "a monte" desde o número 5, já está mais que na hora de Face desaparecer por todo o rasto de vítimas que já fez.
Para além de não me parecer oferecer muito mais do que o já vimos até aqui.


Por outro lado Becky Cloonan e Matt Horak criaram uma das melhores cenas de luta de bar que alguma vez li num comic, onde Frank luta contra os membros de Condor com bastantes cenas de acção e violência extrema como já fomos habituados.



A arte deste comic, como disse anteriormente, está dividida entre dois artistas, Dillon and Horak. Dillon apenas fez cinco páginas, mas ao ver o seu trabalho novamente deu me realmente um prazer e um sentimento nostálgico muito forte. Nem sempre fui um grande fã do seu trabalho, especialmente em PunisherMAX e nos Thunderbolts, mas nunca me cansei de elogiar como refinou o seu traço para esta saga. 



Matt Horak fez um bom trabalho, confesso que da primeira vez não fiquei impressionado, mas depois de me habituar á sua arte pareceu me muito agradável. Não conheço bem o traço de Horak, mas pareceu me ter tentado ajustar a sua arte há de Dillon. 


Pessoalmente, penso que não será a melhor aposta para os próximos números, apesar de perceber que as páginas de Dillon já estavam concluidas e Horak teria de ajustar a sua arte á de Dillon.

A capa de Declan Shalvey e Jordie Bellaire, foi outra obra de arte que esta equipa creativa nos habituou desde o inicio desta nova saga do Punisher. Seria perfeito se tivessem lançado esta capa no numero 5. Teria mais contexto na minha opinião.





-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Pontos Positivos:

-Excelentes cenas de acção no bar;
-Arte de Horak muito agradável.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Pontos Negativos:

-Falta de desenvolvimento do enredo;
-O vilão desta saga ( Face) não mostra nada de novo;
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Pontuação Geral: 7 / 10



Comente com o Facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comente